Dia de festa

Casamentos sempre despertam dúvidas em relação ao que vestir, especialmente quando ocorrem durante o dia. Hoje, a democratização da moda permite que as preferências pessoais sejam aplicadas a esse tipo de ocasião. Alguns cuidados, no entanto, são necessários para a produção não ficar exagerada nem parecer simples demais.

“Uma cerimônia de dia pede tecidos leves como crepe, xantungue, seda, linho e musseline em taillers ou modelos de vestido na altura do joelho”, explica a designer de moda Alzira Calhau. Mínis e longos devem ser evitados, assim como cores escuras e brilho.

“Uma dica bacana é em relação ao salto do sapato. Muitas vezes, o lugar escolhido tem grama e, nesse caso, é melhor dar preferências aos saltos médios e baixos, cabendo até as rasteirinhas”, ensina.

Com que óculos eu vou?
Depois de escolher a produção, é hora de pensar nos acessórios. Se o dia estiver claro ou ensolarado, os óculos de sol serão bem-vindos. A melhor escolha são as lentes que possibilitem a visibilidade dos olhos, como as degradês ou marrons, que passam uma postura mais leve como pede a situação.

Modelos não faltam no mercado e cada um pode escolher a opção que mais lhe agrada. Os modelos tartaruga são clássicos que compõem todos os tipos de produção e aceitam maior opção de brincos, enquanto os gatinhos, que estão em alta, dão um toque retrô ao visual e combinam com cabelos presos à moda seiscentista. Os redondos, que também são as vedetes das últimas coleções, conferem sofisticação ao look. “Os estilos wayfarer e aviador são imortais, não há como errar”, ressalta a especialista.

As armações com hastes mais trabalhadas e acabamentos chamativos devem ser usadas com pouco ou nenhum acessório. Ao lado das mais simples e delicadas, vale incluir brincos maiores, de acordo com o estilo da roupa e dos óculos escolhidos.

Chapéus e óculos combinam com festas ao ar livre, porém exigem atenção. “Para fugir do ar de disfarce que produz essa dupla, o ideal é preferir as casquetes, que são delicadas e formam um par harmônico com as armações”, conclui.

………………..
…………………

Alzira Calhau

Designer de moda há cinco anos, Alzira é professora de figurino na Escola Livre de Cinema de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Tem experiência em catálogos, ensaios e consultoria de moda. Atualmente, cursa pós-graduação em Gestão do Design na UEMG.